Cadê a nossa vacina? Nos ajude a cobrar o Ministro da Saúde por informações precisas da vacinação.

Cobre o Ministro da Saúde

Cobre o
Ministro da Saúde

Você é:

Ao assinar você concorda com os termos de privacidade.

Obrigada por nos ajudar a garantir informação para todo mundo! Com a sua participação ficamos muito mais fortes!

Bora pras redes compartilhar nosso conteúdo?

Acesse e baixe nosso material

Compartilhe no Twitter

Compartilhe no WhatsApp

Ou compartilhe por aqui:

URL copiada!
10.307
pessoas também querem informações.
Ajude a chegar a 10.000
  • Karina Oliveira assinou essa carta.
  • Gil kkj bbbbb assinou essa carta.
  • Eldren Silva Lage assinou essa carta.
  • Mara Rebouças assinou essa carta.
  • Maria José da silva assinou essa carta.
  • Dielca Maria assinou essa carta.
  • Debora alves assinou essa carta.
Com as assinaturas, faremos pressão no Ministério da Saúde exigindo mais e melhores informações sobre a vacinação.
Veja a nossa carta de exigências aqui

Clique nas caixas e descubra quais informações o Ministro Queiroga ainda não liberou.

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

O Governo Federal elaborou o Plano Nacional de Vacinação, com orientações gerais a estados e municípios sobre os grupos prioritários. O plano já está na 5a edição e foi sendo incrementado, mas este documento ainda é incompleto e não permite responder essa pergunta. A estimativa de tempo depende da disponibilidade de vacinas e insumos para a vacinação, o que ainda não é detalhado de forma transparente pelo governo federal. A falta dessa informação pelo governo impossibilita o planejamento do seu município e atrasa a vacinação no Brasil.

Quando eu vou ser vacinada(o)?

Temos essa resposta

Você pode conferir a distribuição de vacinas para estados e municípios nesse Painel Covid-19 -Distribuição de Vacinas.

Ao fim da página, você pode buscar pelo seu município e visualizar dados específicos sobre a distribuição da vacina.

Quantas vacinas já foram distribuídas para o meu município?

Temos essa resposta

Existe a autorização para uso emergencial e também o registro definitivo, ambos concedidos pela Anvisa. Neste Painel, você pode acompanhar o andamento das análises de cada vacina.

Quais vacinas estão autorizadas?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

O Plano Nacional de Vacinação não contém uma estimativa de quando a população que não está em um dos grupos prioritários receberá uma das vacinas. Além disso, não temos informações transparentes sobre compras de vacinas e insumos para vacinação e, por isso, não conseguimos acompanhar esse processo.

Vai ter vacina pra mim?

Falta transparência

Pressione o governo para ter essa informação

Essa informação está disponível neste site. Ao clicar em Cronograma de Entregas e Quantidades Previstos em Contratos, vai abrir um arquivo em pdf com esses dados. O documento está desatualizado (a última versão é de 19 de março) e a assessoria do Ministério chegou a afirmar que não o divulgaria mais.

Apesar da informação estar aí, ela não é nada acessível né?

Quantas vacinas foram compradas? E de quais farmacêuticas?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

Como o Governo Federal não trouxe detalhes dos postos de atendimento no Plano Nacional de Vacinação, procure por esses locais na página da sua Prefeitura ou da Secretaria de Saúde Municipal.

Onde posso ser vacinada(o)?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

Essa resposta deveria estar disponível no Painel Covid-19 -Distribuição de Vacinas, mas só temos informação do que já foi distribuído e não do que ainda é necessário.

Quantas vacinas ainda serão distribuídas para o meu município e quando?

Temos essa resposta

No Painel Covid-19- Vacinas aplicadas, você pode encontrar seu município lá na ferramenta de busca ao fim da página. Quando você escolhe seu município, é possível ver dados sobre quantidade de pessoas vacinadas, gênero, faixa etária e grupos prioritários.

Quem já foi vacinado no meu município?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

Essa resposta deveria estar disponível no Painel Covid-19- Vacinas aplicadas de forma acessível. Há publicação de cor/raça nos microdados do Open Data Sus, mas com problemas de qualidade: 27% dos casos deixam de trazer essa informação. Em alguns estados o problema é mais grave: DF não preenche raça/cor em 42% dos casos, e RJ, em 40%.

Quantas pessoas negras, pardas, brancas e amarelas já foram vacinadas?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

Povos Indígenas é um dos grupos prioritários, então deveria ser possível fazer o acompanhamento do número de indígenas vacinados. No entanto, não há qualquer informação sobre as etnias, o que seria essencial para monitorar a vacinação dessa população. Essa resposta deveria estar disponível no Painel Covid-19- Vacinas aplicadas e nos microdados do Open DataSUS, mas sequer tem sido coletada nos sistemas utilizados por estados e Ministério da Saúde. Neste relatório encontramos diversas inconsistências nessa informação.

Quantos (as) indígenas foram vacinados (as) e de que etnia são?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

Neste painel é possível saber quantas seringas e agulhas foram distribuídas aos estados, mas só com essa informação não tem como saber se são suficientes. O Ministério da Saúde afirmou ter feito levantamento de estoque junto aos estados, mas nunca tornou pública essa informação.

Existem seringas e agulhas suficientes para o meu estado?

Temos essa resposta

As informações disponíveis sobre a pandemia de Covid-19 e o processo de vacinação podem ser acessadas nos diversos painéis reunidos na página LocalizaSUS.

A Fiocruz também disponibiliza essa informação no site https://bigdata-covid19.icict.fiocruz.br/

Existe algum site oficial para acompanhar os dados sobre a vacinação?

Temos essa resposta

Os grupos prioritários são apresentados no Plano Nacional de Vacinação. A convocação de cada um deles acontece de maneira gradual nos estados e municípios, a partir da disponibilidade de doses.

Como posso descobrir se tenho prioridade na fila?

Temos essa resposta

É possível tomar qualquer vacina aprovada pela Anvisa, de acordo com a disponibilidade na unidade de saúde. Esta informação está disponível no Plano Nacional de Vacinação. Outras farmacêuticas já solicitaram autorização e aguardam análise da Anvisa. Neste Painel, você pode acompanhar o andamento das análises de cada vacina.

Posso tomar qualquer uma das vacinas?

Temos essa resposta

De acordo com O Globo, dados do Ministério da Saúde indicam que os sintomas mais comuns são dor de cabeça, febre, dor muscular, diarreia, náusea e dor localizada. Até fevereiro, quando esses dados foram atualizados, apenas 5 a cada 10 mil pessoas vacinadas tiveram alguma reação, geralmente leve.

Quais são os efeitos colaterais da vacina?

Temos essa resposta

Como indicam os especialistas, é importante continuar a usar a máscara mesmo depois de tomar a vacina, lembrando que a pessoa vacinada ainda pode transmitir a doença.

Esta informação está disponível no site da Fiocruz, assim como outros esclarecimentos sobre as vacinas.

Se eu tomar a vacina, posso parar de usar máscara?

Temos essa resposta

O intervalo entre a primeira e a segunda dose depende da vacina tomada. No caso da Coronavac/Butantan o intervalo é de 2 a 4 semanas, enquanto para a Astrazeneca/Fiocruz o intervalo é de 12 semanas.

Esta informação está no Plano de Vacinação Contra a Covid-19.

Quanto tempo vai demorar entre a 1ª e a 2ª dose?

Temos essa resposta

O Conselho Nacional do Ministério Público criou canais para denúncias de "fura-filas" da vacinação. É possível enviar no Formulário Eletrônico no site e também mandar mensagem nas redes sociais, como Facebook e Instagram, ou ainda pelo email [email protected].

O governo está monitorando casos de fura-fila da vacina?

Temos essa resposta

A comercialização de vacinas é totalmente ilegal no Brasil — todas as doses devem ser manejadas pelo SUS e aplicadas gratuitamente. Você pode denunciar no e-mail [email protected], criado pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (Senacon).

Onde denunciar vendas clandestinas de vacinas?

O governo federal não divulgou essa informação

Pressione o governo para ter essa informação

O governo não dá essa previsão, mas seguindo o ritmo atual de vacinação, podemos ver uma estimativa de prazo nesse site. É importante ressaltar que o cálculo não considera eventual interrupção no ritmo por falta de doses ou insumos, o que poderia atrasar ainda mais esse processo.

Quanto tempo vai levar até a população brasileira ser vacinada contra a Covid-19?

Temos essa resposta

Pode ficar tranquila(o). De acordo com a reportagem do G1, especialistas afirmam que as vacinas não alteram o seu código genético.

As vacinas que utilizam a técnica de RNA mensageiro podem alterar meu código genético?

Acompanhe

Sobre a campanha

Caixa Aberta é uma campanha de pressão por mais informações sobre a vacinação contra a Covid-19. Queremos saber quando o Brasil será imunizado!

A Campanha é resultado da união de 7 organizações que, apoiadas por mais de 60 organizações da sociedade civil, estão lutando para que as informações sobre vacinação estejam disponíveis para todos nós.

Quem Somos

Organização

Apoio

Dúvidas e adesões
à campanha?

Ou envie um e-mail para:

[email protected]

Cadastre-se
na newsletter

Preencha seus dados

FAQ   -   Política de Privacidade

Design e desenvolvimento: Cafe.art.br e Disarme